COMO ESCOLHER A ILUMINAÇÃO IDEAL PARA APARTAMENTO

Uma boa iluminação, além de realçar a decoração e o projeto arquitetônico, é responsável por transmitir as sensações que espera-se ter em cada ambiente de um apartamento. Em razão disso, o projeto luminotécnico deve considerar não só a questão estética, mas também a função de cada cômodo e como os moradores se relacionam com eles. É importante que você saiba o tipo de lâmpada ideal, bem como o seu posicionamento, para que o efeito esperado seja atingido.

Especialistas da área apontam que um dos erros mais comuns em projetos de iluminação é a tendência de se criar pontos de luz em excesso, além do uso inadequado de peças e tipos de lâmpadas. É bom ter em mente que a iluminação ideal precisa estar sintonizada ao cotidiano das pessoas que vivem no ambiente, levando em conta os seus hábitos diários e estilo de vida.

Para que você não se perca em meio a tantas opções e estilos de iluminação, separamos as dicas abaixo para inspirar as suas escolhas.

Iluminação para sala de estar

Esse ambiente requer uma luz suave, amarela e alocada em um ponto central do cômodo. Essa coloração transmite a sensação de aconchego e convida as pessoas ao relaxamento.

Caso queira realçar um item de decoração ou mesmo uma peça do mobiliário, lance mão de lâmpadas coloridas ou brancas nos pontos a serem destacados. Evite colocar luzes direcionadas ao sofá, pois isso atrapalha a visão de quem está sentado. Já quando está próxima de aparelhos eletrônicos, ela gera reflexos e ainda pode ocasionar o superaquecimento do equipamento.

Sala de jantar

Aqui, o foco deve ser a mesa. Assim, você destaca os alimentos servidos. Utilize uma luz amarela e instalada a uma distância mínima de 90 cm de distância da mesa para não incomodar as pessoas. Você também pode colocar dois focos de luz em cima da mesa, com o objetivo de criar uma atmosfera intimista, enquanto o restante do cômodo ficará em penumbra.

Considere também um lustre pendente central com um sistema de dimerização. Dessa forma, você controla a quantidade de luz de acordo com a necessidade.

Dormitório infantil

Quem tem filhos em casa sabe que eles são bem inquietos. Para estimular que eles gastem bastante energia durante o dia, opte por uma iluminação mais forte, que é importante também para estimular a concentração da garotada que está em idade escolar e precisa fazer o dever de casa.

No período noturno, alterne para uma iluminação mais suave, que resulta em um efeito calmante. Para controlar essa quantidade de luz, um sistema de dimerização é recomendado. Lâmpadas coloridas também criam um ambiente lúdico no ambiente.

Dormitório de casal

Neste ambiente, devemos prezar por um clima intimista e relaxante. Portanto, invista em uma iluminação central e de cor quente. Em alguns pontos estratégicos, como em frente ao guarda-roupas e ao redor da cama, instale pontos de luz para melhorar a estética do cômodo.

Cozinha

Nessa parte da casa, a iluminação deve estar a serviço da higiene. Então, as lâmpadas devem ser frias, ou seja, fluorescentes da cor branca. Assim, você poderá visualizar melhor as sujeirinhas que inevitavelmente se acumulam nesse ambiente.

Banheiro

Segue a mesma lógica da cozinha e precisa de uma iluminação intensa. Mas aí vai uma dica importante: próximo dos espelhos nunca instale lâmpadas por cima, pois isso cria áreas de sombra e pode dificultar o ato de se maquiar ou fazer a barba. Pontos de luz na lateral do espelho funcionam muito melhor.

Confira em nosso site oportunidades com lindas inspirações de iluminação pra facilitar a sua escolha!

WWW.ponikimoveis.com.br

Link do imóvel em destaque: bit.ly/Ponik-Ap2819

Referências: https://meuprecon.com.br/

ACOMPANHE-NOS :)

Agência Vita
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram